Páginas

domingo, 8 de maio de 2011



 Escolho os meus amigos não pela pele nem outro arquétipo qualquer, mas pela pupila. Tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante. A mim não interessam os bons de espírito ou os maus de hábitos. Fico com aqueles que fazem de mim louco e santo. Deles não quero resposta, quero o meu avesso. Que me tragam dúvidas e angústias e agüentem o que há de pior em mim. Para isso, só sendo louco. Escolho meus amigos pela cara lavada e pela alma exposta. Não quero só ombro ou colo, quero também sua maior alegria. Amigo que não ri junto não sabe sofrer junto. Meus amigos são todos assim: metade bobeira, metade seriedade. Não quero risos previsíveis nem choros piedosos. Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça. Não quero amigos adultos nem chatos. Quero-os metade infância e a outra metade velhice. Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto e velhos para que nunca tenham pressa.


5 comentários:

  1. parabens moça...souzacoms me indicou seu blog e está a altura de uma ótima produção de textos! seguindo, saudações

    ResponderExcluir
  2. Concordo 100% em gênero , número e grau com vc Carol, devemos ser fieis a amizade e a lealdade. Muito legal o texto, beijoss gatinha.

    ResponderExcluir
  3. Alle!

    To seguindo teu blog siga os meus aeeee!
    Valeu
    http://maiseducacaocleonicebragafonseca.blogspot.com/
    e
    http://euachoqueusimplesmentenaosei.blogspot.com/

    Aufrichtig

    ResponderExcluir
  4. Oi queerida
    Q lindo seu blog♥
    Bj, tô seguindo!

    http://sujeitoamudancaseou.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Nossa que blog legal,as cores,as fotos super.
    Adoramos tudo,maravilhoso já estamos seguindo,parabéns.
    Glorinha e Rogerio Rinaldi
    http://sbrincos.blogspot.com
    bjs.

    ResponderExcluir